Termas da Azenha

Vakantiehuisjesverhuur in Portugal

The first and only Bed & Breakfast & Bathrobe in the world

A vida não é à feijões (mas ao tremoços?)

“Nah … às vezes, mas obrigado”, o Hugo responde quando pergunto se ele come tremoços. Comprei alguns para tirar uma foto, mas não os como. Acho-os um pouco sem graça, mas ainda são muito populares em Portugal e no sul da Europa.

Hugo, enquanto português, é demasiado jovem para apreciar os tremoços

O pai dele saberia e os avós, com certeza. Na sua época, este feijão era um lanche muito popular em Portugal – em todo o sul da Europa, a propósito. Espanha e Itália também o conhecem, como “altramuces” ou “lupini”.

A última palavra mostra as raízes deste feijão.

E a foto abaixo mostra a planta. Fixe, pois não? Cores tão brilhantes, uma bela flor elegante, e depois também cresce um feijão comestível? Uau, a natureza é brilhante e generosa!

blogue-a-vida-não-é-à-feijões-mas-ao-tremoçosQuem já se deparou com um tremoço – em grande recipiente de água salgada num supermercado rural espanhol, ou numa tigela no café à moda antiga em Portugal – sabe que eles ficam bastante duros e as peles são bastante amargas. Pode cultivá-las facilmente na horta. Eles também são fertilizantes verdes.*

Mas é melhor não confundi-los com os outros se você escolher esses feijões!

(De fato, precisa saber quais espécies está escolhendo, porque algumas são tóxicas. Elas contêm alcalóides amargos que deixam um sabor extremamente desagradável na boca e podem até afetar o sistema nervoso central.)

blogue-a-vida-não-é-à-feijões-mas-ao-tremoçosAgora não deve comer essas peles. Aqui em Portugal ainda são populares. Com um movimento prático, coloca o feijão da casca na boca. Descasque na tigela e, se estiver muito aconchegante, haverá muitas cascas ao seu redor.

Está ficando um pouco menos popular porque é claro que a nova geração não quer fazer o que seus avós fizeram. Foram ao café beber uns copos de água-pé e comeram uma tigela de tremoços.

Tentamos nos libertar do feijão ao longo da história do mundo

Nos países pobres ainda é: arroz com feijão ou feijão com arroz. Comer feijão, esse é / foi uma prova de pobreza. Qualquer um que pudesse pagar imediatamente trocaria o feijão por carne para suprir suas necessidades de proteína.

Isso foi progresso! De feijão a um grande pedaço de carne no seu prato.

Agora estamos tão saturados com aqueles pedaços grandes de carne que voltar ao feijão parece nossa única salvação. De fato, o melhor feijão para mudar o nosso destino (simsim, é sobre mudanças climáticas!) é talvez o mais obstinado e marginal membro da família do feijão.

Então o tremoço. Tremoços. Altramuces. Fagioli lupini

blogue-a-vida-não-é-à-feijões-mas-ao-tremoços

 

Temos uma saquinho para semear no início da primavera. Parecia um acéfalo, porque borboletas e abelhas (animais tão fofos!) gostam muito dessas flores. Perfeito. Talvez conseguimos obter alguns feijões. E talvez façamos algo com eles.

Hambúrgueres de feijão, talvez. “Fagioli lupini da Casa Termal”. Parece bom, não acha?

(Ou se escolhermos o tipo errado: “Fagioli lupini Terminal”.)

Veremos com esses lupinos.

~

* Fertilizantes verdes são semeadas fora da estação e enriquecem o solo com todo o tipo de substâncias (dependendo da sua escolha, claro), para que você não precise usar tanto adubo.

Todas as semanas no Domingo um novo blogue na sua caixa de correios. Todas as semanas alguns minutos nas Termas-da-Azenha, no seu próprio sofá.

Aguarde, por favor

Obrigado para a sua inscrição!

Nos mudamos em 2000 de Roterdão, Holanda para Termas-da-Azenha, Portugal. Uma mudança significante, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados para reconstruir uma das heranças culturais portuguesas: Termas-da-Azenha, um antigo spa que foi transformado em várias casas de férias, quartos de hóspedes e dois terrenos para acampar, com muitas coisas divertidas para fazer.

O salão de convívio com jogos como pinguepongue, matraquilhos e bilhar, e a nossa especialidade: o Camarim. O pátio com as piscinas – uma pequena para os pequenos, alguns terraços com muitos quadros mosaícados, e a horta.

O antigo balneário será um museu, onde você poderá ver como as coisas mudaram. A água mineral curativa ainda corre pelos banhos e é de excelente qualidade.

Desde 2018, nos chamamos os primeiros B & B & B do mundo – Bed & Breakfast & Bathrobes. Você pode comprar um roupão ou quimono exclusivo na nossa loja ou encomendar um sob medida, completamente à sua vontade.

Vai encontrar mosaicos e pinturas em todos os lugares.

Cada semana, um pequeno blogue sobre o que aconteceu ao nosso redor. Leitura fácil. Alguns minutos noutro mundo. Um destino atraente para um fim-de-semana com os dois, ou para uma semana com a família toda. Temos descontos interessantes no nosso site.

Inscreve-se para receber este blog todas as semanas.

Nos Domingos publicamos o na nossa página do Facebook, no Pinterest, e na 2A no LinkedIn.