Home » lmpossível de dormir um amassado no ar

lmpossível de dormir um amassado no ar

Eu pensei que era esperta. Depois de dormir um amassado em quatro colchões em alguns anos, tive uma ideia brilhante. Pensei. Acabou um pouco diferente do que pensava …

Durmo na mesma cama há quase 30 anos – mas não no mesmo colchão, claro

A minha cama começou como uma cama alta. Uma boa escolha numa casa de 1899 com tetos altos e um bebê a caminho. O berçário estava embaixo. Prático. Imediatamente serrámos cerca de 10 centímetros das pernas, porque assim a gente poderia sentar-se ereto na cama sem bater a cabeça contra o teto.

Foi muito difícil serrar 10 centímetros da escadazita – sem muito prático na área de construção … não era tão fácil! Mas tudo bom. Ótima cama. O bebê está por perto, e a escada não foi cortada nem demasiado diagonal. Tudo bem com um pequeno pedaço de papelão debaixo de uma perna.

E então nos mudamos. Para Portugal

Vou poupá-lo da história das 628 caixas e do caminhão de 17 metros, e a ajuda de todos os nossos vizinhos. E a história de descarregar aquele mesmo caminhão, sem todos aqueles vizinhos, com ainda todas aquelas 628 caixas, no nosso novo endereço também.

A cama foi uma das últimas coisas a sair. Uma das casas da nossa aldeia já estava cheia de caixas, e Deus sabe o que, mas isso estava planejado, porque íamos morar na casa de cima.

A cama era um pouco alta ali. Decidiu-se serrar mais meio metro, correu bem, só a escadazita …

Encontrei um legado de minha irmã, a parteira: uma caixa de madeira antiga com equipamento de oxigênio. Servia bem como degrau, porque a cama agora estava um pouco mais baixa.

Esta cama viu muitos colchões. Talvez eu seja um chorão quando se trata de colchão, é possível, mas um atrás do outro não é bom. Agora, não é que eu seja loucamente obesa ou tenha hábitos de sono muito estranhos.

Bem … o que você faz em um colchão? Principalmente deitar-se, pois não?!

Tive tantos. Molas, espuma viscoelástica, 6 camadas, um colchão simples de uso doméstico comum, um colchão Caríssimo Luxuoso, grosso, fino … depois de alguns anos, no máximo, há um amassado nele. Às vezes, depois de alguns meses.

E então tenho problemas nas minhas costas.

É por isso que temos sido muito exigentes com os colchões de hóspedes. Demorou um pouco para encontrar os corretos

E então, clicando na rede, passei por um colchão de ar. Ninguém consegue dormir um amassado no ar, pensei, ooooo, sou tão esperta!

Ontem foi minha primeira noite no colchão de ar. É um com um lado aveludado e um orifício de ventilação super luxuoso por onde o ar entra, mas não sai. (Como consegue esvaziar …?)

É um incômodo fazer a cama de novo, porque a caixa de oxigênio antiga, claro, ainda serve como um degrau, e se você ficar em cima dela o tempo todo para fazer a cama, ela ameaça cair o tempo todo.

E ainda é Inverno, pessoal! Gosto de dormir com a janela aberta, então deve haver algum conforto na área dos edredons. Agora tenho quatro. Adicione duas garrafas de água quente, uma para cada pé, não é, e você dorme como a Bela Adormecida.

Bem não. Era mais como a princesa na ervilha, exceto que a ervilha era o colchão inteiro

O que eu não tinha pensado é que o ar naquele colchão também ficaria frio, assim como o ar frio que entra pela janela. E havia apenas um lençol fino entre mim e aquele ar.

Acordei no meio da noite com o frio. Oooooo, sou tão esperta!

Mas … minhas costas acham que é uma boa solução, então acabei de colocar alguns edredons entre mim e o ar. Junto com quatro garrafas de água quente, e a ideia de que tudo acabará em no máximo um mês. Então, esse ar será tão quente quanto o ar exterior, e isso só vai melhorar por enquanto.

Talvez afinal não era uma ideia tão má …

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.