Home » Painéis solares na chuva

Painéis solares na chuva

“Não sei se vai funcionar, porque eles só nos marcaram aqui por um dia”, diz um dos três instaladores de painéis solares, “Vamos fazer o nosso melhor”.
“Talvez seja porque vai chover amanhã. Pelo menos essa é a previsão”, respondo, “mas talvez eu deva ligar antes e dizer que realmente tem que ser concluído agora. Já esperei bastante.” Vai chover.

Colocar painéis solares na chuva não é muito divertido

Ontem correu muito bem. A chuva prevista não veio até a noite, quando aqueles três provavelmente já estavam descansando em frente de seu programa favorito. Os painéis já estão instalados no telhado, mas ainda precisam ser cabeados e conectados.

Tem sido um monte de problemas, mas aqui estão eles. Dez painéis solares, que serão nossos em 5 anos. Enquanto isso, nossa conta mensal cai porque eles usam o sol como fonte de energia durante o dia. O excedente volta para a rede. Você não recebe nada em troca.

“Sim… pode requerer … pode tentar isso…” disse a senhora ao telefone, quando perguntei o que acontece com a luz excedente. Recebemos algo em troca? O contador retrocede se for mais do que usamos?

Eu já tinha ouvido o suficiente. Então não. A menos que você queira entrar na lama burocrática por uma compensação mínima.

Ainda assim, é um bom negócio de painéis solares da EDP

Estão a recrutar activamente, aparentemente, porque – há já algum tempo – apareceu de repente uma senhora alegre à frente do meu balcão, a propor que íamos arranjar painéis solares. Isso deu início a um processo longo, com visitas técnicas; mensagens de texto de confirmação; telefonemas de desculpas que seria planejado de forma diferente; ótimas ofertas adicionais para acompanhar seu consumo/poupança “ao vivo” no site especial de edp-solar.

Eles deveriam vir para a instalação no dia 24 de Janeiro, mas infelizmente o grupo havia contraído Covid, então isso foi cancelado. Infelizmente, eu havia seguido a dica do último técnico especializado, de solicitar tarifa bi-horário – muito astuto. Arranjei imediatamente, porque não sabia nada além de que a EDP é uma organização muito pesada e lenta, então pensei que poderia demorar um pouco.

Mas não, surpresasurpresa, foi feito no dia seguinte. Sem qualquer miséria burocrática. Uma mudança de organização impressionante! E uma pena também, porque estou pagando o preço mais alto pela luz diurna há mais de três meses, e significativamente menos pela noite, quando não usamos quase nada.

Bem, suspiro profundo… chega de reclamar

Estou feliz que finalmente vai acontecer, porque esta é a primeira das três conexões que terão painéis solares. Na próxima semana instalarão 5 paíneis no outro lado de estrada, e no final do mês a última ligação, a da Casa Principal.

Mas os deuses do tempo, com seu senso de humor coxo, colocaram uma piada no projeto. A chuva está prevista para a próxima semana, e talvez mais.

Ha-ha. Muito engraçado, deuses. Mas somos nós que rimos por último, você vai ver!

.

Nos mudamos em 2000 de Roterdão, Holanda para Termas-da-Azenha, Portugal. Uma mudança significante, especialmente com duas crianças pequenas. Estamos ocupados para reconstruir uma das heranças culturais portuguesas: Termas-da-Azenha, um antigo spa que foi transformado em várias casas de férias, quartos de hóspedes e dois terrenos para acampar, com muitas coisas divertidas para fazer.

Sala de convívio com jogos como pingpong, matraquilhos e bilhar, e uma coisa única no mundo: o Camarim.

Vai encontrar mosaicos e pinturas em todos os lugares.

Inscreve-se para receber o nosso blogue todas as semanas- veja aí ao lado à direita »

Nos Domingos publicamos o na nossa página do Facebook e Instagram, e no Pinterest.

1 thought on “Painéis solares na chuva”

  1. Pingback: Passear na Figueira da Foz - Termas-da-Azenha

Comments are closed.